‘Sem Compromisso’, André Marques encara primeira decisão de título

André Marques é o vice-líder do Campeonato

A sétima etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, no dia 9 de setembro em Alta Gracia, na província argentina de Córdoba, vai apontar o novo campeão do Sul-Americano da categoria. Disputada pela terceira vez, a competição continental é composta por quatro das dez corridas confirmadas no calendário e atribui possibilidades matemáticas de título a oito dos 23 pilotos que vão formar o grid do GP ZF Astronic Fórmula Truck.

A etapa final do Sul-Americano consolidará a primeira decisão de título da carreira de André Marques. Piloto desde 2010, quando estreou na Truck, o paulista de 30 anos cumpre sua primeira temporada defendendo a equipe RM Motors, que utiliza caminhões MAN-Volkswagen. Marques viaja para a Argentina como vice-líder da competição com 54 pontos, apenas dois a menos que o líder pernambucano Beto Monteiro, da Scuderia Iveco.

A chance de se tornar o terceiro campeão sul-americano da Truck – os dois primeiros foram Roberval Andrade, em 2010, e Felipe Giaffone, em 2011 – não coloca Marques sob qualquer pressão. “Tanto a equipe quando a fábrica me deixaram muito à vontade quanto a isso. É o meu primeiro ano na equipe, e vou para Córdoba sem qualquer compromisso quanto a título”, diz o piloto, que no Sul-Americano soma um terceiro, um segundo e um sexto lugar.

A ausência da pressão não traduz relaxamento. “Estou muito ansioso pela corrida, sei que isso desaparece assim que eu entrar na pista. Considero que estou numa grande fase de preparo, tanto físico quanto mental, e fico feliz por chegar à última etapa disputando o título, mas a disputa está aberta, tem muitos pilotos fortes e bem mais experientes com chance de título, logicamente tudo pode acontecer. Se eu for o campeão, melhor ainda”, pondera.

A uma etapa de seu término, a classificação completa do Campeonato Sul-Americano de Fórmula Truck é a seguinte:

1º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Scuderia Iveco, 56
2º) André Marques (SP/MAN-Volkswagen), RM-Competições, 54
3º) Leandro Totti (PR/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 48
4º) Adalberto Jardim (SP/MAN-Volkswagen), AJ5 Competições, 39
5º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, 38
6º) Roberval Andrade (SP/Scania), Ticket Car Corinthians Motorsport, 34
7º) Felipe Giaffone (SP/MAN-Volkswagen), RM Motors, 30
8º) Paulo Salustiano (SP/Volvo), ABF/Volvo, 25
9º) Geraldo Piquet (DF/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, 20
10º) Régis Boessio (RS/Mercedes-Benz), ABF Desenvolvimento Team, 18
11º) Fred Marinelli (SP/Iveco), Marinelli Competições,15
12º) Valmir Benavides (SP/Iveco), Scuderia Iveco, 13
13º) Diumar Bueno (PR/Volvo), DB Motorsport, 10
14º) Luiz Pucci (ARG/Volvo), ABF/Volvo, 9
14º) Débora Rodrigues (SP/MAN-Volkswagen), RM Motors, 9
16º) João Marcos Maistro (PR/Volvo), Clay Truck Racing, 6
16º) Christian Fittipaldi (SP/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, 6
18º) Leandro Reis (GO/Scania), Original Reis Competições, 5
19º) Pedro Gomes (SP/Ford), 72 Sports, 5
20º) Danilo Dirani (SP/Ford), 72 Sports, 4
21º) Renato Martins (SP/MAN-Volkswagen), RM Motors, 3
21º) Pedro Muffato (PR/Scania), Muffatão, 3
23º) José Maria Reis (GO/Scania), Original Reis Competições, 2
24º) Luiz Lopes (SP/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 1

———————————————————————
Texto: Grelak Comunicação
Imagem: Orlei Silva

Giaffone fecha em 2º e Débora Rodrigues é pódio em Cascavel

Débora Rodrigues

A equipe MAN Latin America colocou dois pilotos no pódio da sexta etapa da Fórmula Truck, disputada hoje, em Cascavel (PR). Felipe Giaffone chegou na segunda colocação e Debora Rodrigues, no quinto lugar, conquistando assim os seus melhores resultados na temporada 2012.

Largando na quarta colocação, Giaffone fez uma prova bastante agressiva, ultrapassando os adversários na pista para conquistar mais um pódio. Com o resultado, ele subiu para a quarta colocação do campeonato brasileiro, com 68 pontos, três atrás de André Marques, também da MAN Latin America, que hoje não completou a corrida em Cascavel.

“Foi uma corrida bem movimentada, com mais ultrapassagens e disputas do que eu imaginava. O final da prova foi bastante desgastante e certamente o segundo lugar era o máximo possível hoje, tendo em vista o rendimento do Leandro Totti (vencedor da etapa de Cascavel). Com este resultado, subi para o quarto lugar na tabela e esperamos continuar esta ascensão nas quatro etapas restantes de 2012”, diz Giaffone, atual campeão brasileiro e sul-americano de Truck.

A conquista de Débora Rodrigues foi certamente o que causou a maior festa na volta final da Truck em Cascavel, onde um público estimado de 50 mil pessoas compareceu ao evento que marcou a volta de uma categoria nacional ao reformulado autódromo do oeste do Paraná. Largando na 20ª colocação, Debora passou diversos adversários e conquistou a quinta colocação na última curva da última volta.

“Foi uma sensação incrível subir no pódio diante desta torcida tão carinhosa”, disse uma emocionada Débora. “Desde os primeiros treinos, tive muita dificuldade em encontrar um ajuste ideal, mas hoje o caminhão estava muito rápido e consistente. Passei diversos pilotos, alguns inclusive na curva do Bacião, que é de altíssima velocidade. Em algumas manobras, fui para o tudo ou nada, porque queria muito este pódio. Fiquei muito feliz com a vibração da torcida e meu melhor resultado neste ano justamente no meu Estado natal”, diz a única mulher a competir na Truck, que é paranaense de Bela Vista do Paraíso.

Renato Martins, piloto e chefe da equipe oficial da MAN Latin America da Truck, destacou a conquista de Giaffone e de Débora. No campeonato de marcas, o time está em segundo lugar, com 200 pontos, dez atrás do líder.

“Os dois estão de parabéns: fizeram corridas bem agressivas e foram premiados com o pódio. Infelizmente não conseguimos pontos comigo, com o Adalberto (Jardim) e o André (Marques), mas vamos buscar a retomada da liderança de marcas já na próxima etapa, em Córdoba, na Argentina”, diz Renato, que cruzou a linha de chegada em sétimo, mas foi punido pela direção de prova após a bandeirada e ficou fora dos pontos.

A Truck volta às pistas no dia 9 de setembro para a disputa da sétima prova do campeonato, válida também pela quarta e última do Sul-Americano.

Corrida – Fórmula Truck – Cascavel

1º) 73 – Leandro Totti (M, PR), 33 voltas
2º) 4 – Felipe Giaffone (W , SP), a 4.352
3º) 83 – Regis Boessio (M , SP), a 11.143
4º) 3 – Geraldo Piquet (M , DF), a 17.283
5º) 7 – Debora Rodrigues (W , SP), a 26.345
6º) 50 – Fred Marinelli (I , PR), a 1 volta
7º) 32 – Luiz Pucci (V , RA), a 1 volta
8º) 12 – Zé Maria Reis (S , GO), a 1 volta
9º) 2 – Valmir Benavides (I , SP), a 3 voltas
10º) 11 – Diumar Bueno (V , PR), a 8 voltas
11º) 70 – Danilo Dirani (F , SP), a 8 voltas
12º) 55 – Paulo Salustiano (V , SP), a 9 voltas
13º) 14 – João Maistro (V , PR), a 11 voltas
14º) 51 – Leandro Reis (S , GO), a 14 voltas
15º) 6 – Wellington Cirino (M , PR), a 16 voltas
16º) 99 – Luiz Lopes (M , SP), a 20 voltas
17º) 43 – Pedro Gomes (F , SP), a 23 voltas
18º) 15 – Roberval Andrade (S , SP), a 24 voltas
19º) 77 – André Marques (W , SP), a 24 voltas
20º) 8 – Adalberto Jardim (W , SP), a 24 voltas
21º) 88 – Beto Monteiro (I , PE), a 30 voltas
22º) 20 – Pedro Muffato (S , PR), a 32 voltas

Os cinco primeiros do campeonato brasileiro:
1. Leandro Totti, 107
2. Beto Monteiro, 95
3. André Marques, 71
4. Felipe Giaffone, 68
5. Wellington Cirino, 66

Campeonato de marcas:
1. Mercedes Benz – 210
2. MAN Latin America (Volkswagen), 200
3. Iveco – 150
4. Volvo – 118
5. Scania – 98
6. Ford – 14

——————————————————————–
Texto: Rodrigo França
Imagens: Orlei Silva

Equipe MAN Latin America larga na segunda fila com Felipe Giaffone em Cascavel

Giaffone, Téo José e Beto Monteiro

O piloto Felipe Giaffone (na imagem com Téo José e o pole-position Beto Monteiro), atual campeão brasileiro e sul-americano de Fórmula Truck, vai alinhar seu caminhão Volkswagen Constellation na segunda fila do grid de largada da sexta etapa da Fórmula Truck, que será realizada amanhã, em Cascavel (PR). Sua equipe, a MAN Latin America, é a atual líder do Campeonato Brasileiro de Marcas, com 168 pontos.

O paulista registrou o quarto melhor tempo hoje, após registrar 1m17s956 no Top Qualifying. Ontem, Giaffone foi o mais rápido dos dois treinos livres de sexta-feira. “Para ser sincero, mesmo se fizesse uma volta perfeita, não conseguiríamos a pole position hoje. Por isso, largar na segunda fila é um resultado bom levando em conta nosso desempenho hoje. Estamos com ritmo forte de corrida e este pode ser um diferencial nosso amanhã. Espero fazer uma prova forte desde as primeiras voltas”, diz Giaffone.

Os outros pilotos da equipe MAN Latin America ficaram em colocações intermediárias. André Marques ficou em 11º. “Consegui uma melhora em relação ao desempenho de ontem, mas os tempos ficaram mais próximos hoje. De qualquer maneira, temos chance de brigar pelo pódio”, diz o jovem paulista, que é o terceiro colocado no campeonato de pilotos.

Renato Martins parte na 17ª colocação. “Temos que confiar em nossa melhora de ritmo na corrida, mesmo sabendo que esta pista será de difícil ultrapassagem, porque as curvas são de alta velocidade”, diz o piloto e chefe da equipe MAN Latin America. A única mulher da categoria, Débora Rodrigues, largará na 20ª colocação.

“Obviamente não fiquei satisfeita com minha volta na classificação, mas temos caminhão suficiente para marcar bons pontos amanhã, algo importante para mantermos a liderança de marcas para nosso time”, diz Débora.

A sexta etapa da Fórmula Truck será neste domingo, às 13h, com transmissão ao vivo da TV Band.

Grid – Fórmula Truck

1º) 88 – Beto Monteiro (I, PE), 1:17.449, média de 142,14 Km/h
2º) 6 – Wellington Cirino (M, PR), a .240
3º) 15 – Roberval Andrade (S, SP), a .281
4º) 4 – Felipe Giaffone (W, SP), a .507
5º) 73 – Leandro Totti (M, PR), a .586
6º) 83 – Regis Boessio (M, SP), a .710
7º) 70 – Danilo Dirani (F, SP), a .879
8º) 51 – Leandro Reis (S, GO), a 1.084
9º) 3 – Geraldo Piquet (M, DF), 1:18.950
10º) 55 – Paulo Salustiano (V, SP), 1:19.241
11º) 77 – André Marques (W, SP), 1:19.278
12º) 2 – Valmir Benavides (I, SP), 1:19.495
13º) 8 – Adalberto Jardim (W, SP), 1:19.717
14º) 11 – Diumar Bueno (V, PR), 1:19.721
15º) 43 – Pedro Gomes (F, SP), 1:19.742
16º) 50 – Fred Marinelli (I, PR), 1:19.768
17º) 9 – Renato Martins (W, SP), 1:19.780
18º) 14 – João Maistro (V, PR), 1:19.849
19º) 99 – Luiz Lopes (M, SP), 1:20.478
20º) 7 – Debora Rodrigues (W, SP), 1:20.909
21º) 20 – Pedro Muffato (S, PR), 1:21.418
22º) 32 – Luiz Pucci (V, RA), 1:21.583
23º) 12 – Zé Maria Reis (S, GO), 1:23.926

——————————————————
Texto: Rodrigo França (RF1 Jornalismo)
Imagem: Orlei Silva