Renato Martins, único a ter participado de todas as corridas, confunde sua história nas pistas com a da própria categoria

Renato Martins com Aurélio Félix na primeira corrida de demonstração da Fórmula Truck, em 1995 na pista de Cascavel


Começa neste domingo, no Rio Grande do Sul, (4) a 17ª temporada da história da Fórmula Truck. A corrida no Autódromo Internacional Velopark está entre as quatro que vão valer pelo Campeonato Sul-Americano da categoria. O calendário de competições prevê dez corridas, todas elas contando pontos pelo Campeonato Brasileiro – inclusive a sétima, em Córdoba, que substitui Buenos Aires como sede da etapa argentina.

Desde o primeiro campeonato oficial, em 1996, a Truck experimentou um processo gradativo e ininterrupto de evolução, seja no campo logístico, nos aspectos tecnológico e desportivo ou na área promocional. A categoria, hoje, é consolidada como um dos principais eventos esportivos do continente, tendo auferido, nos dez eventos da temporada de 2011, uma média superior a 40.000 espectadores em cada autódromo.


Dos 23 pilotos que disputam no Velopark o GP Petrobras, um de modo especial evidencia uma história que se confunde com a da própria categoria. O paulista Renato Martins, duas vezes campeão da Truck, ostenta a façanha de ter participado de todas as 170 largadas da categoria. Com 27 vitórias, ele é o recordista de primeiros lugares, e detém na estatística o terceiro maior número de pole-positions, tendo comandado o grid 17 vezes.

Martins, além de piloto, é chefe da equipe RM Motors, equipe que utiliza caminhões Volkswagen Constellation e levou seus pilotos ao título brasileiro em quatro dos seis últimos campeonatos. Ele próprio abriu a série com o título de 2006 – já havia sido campeão em 1996, com um Scania. Felipe Giaffone, pela RM, foi campeão em 2007, 2009 e 2011. No ano passado, Giaffone venceu também o Campeonato Sul-Americano.

O convívio direto com toda a história da categoria credencia Martins a uma análise com parâmetros. “A evolução da Fórmula Truck nesses 17 anos foi espantosa. Houve uma abertura muito grande nos últimos anos, isso trouxe muita gente capacitada para a categoria, chegamos a um grau muito alto de profissionalismo”, avalia o piloto e chefe de equipe. “E essas são duas funções que eu concilio sem problemas, com cada coisa no seu tempo”.

Foram “a disputa e a vontade de vencer”, segundo Martins, os fatores que o levaram a apostar no projeto de metade dos anos 90, que consolidou a Fórmula Truck como força do automobilismo brasileiro. “Cada temporada tem algo que acaba sendo especial para mim, mas o momento marcante na minha carreira foi mesmo o ano de 1996, pela conquista do primeiro título da Truck, é um registro histórico”, orgulha-se o piloto paulista.

É nos primeiros momentos da categoria que Renato Martins identifica seu maior adversário – o paranaense Osvaldo Drugovich Júnior, bicampeão em 1997 e 1998. “Foi um piloto extremamente combativo, tivemos ótimos duelos. Mas claro que nem tudo são coisas boas numa história tão longa. A morte do Aurélio é uma das coisas que não gosto de lembrar”, frisa, citando o criador da Fórmula Truck, Aurélio Félix, que morreu em março de 2008.


Mesmo iniciando sua 17ª temporada na Fórmula Truck – ou a 18ª, se considerada sua participação nas provas de demonstração realizadas em 1995 –, Martins garante disposição para seguir pilotando por muitos anos. “Enquanto estiver em condições de disputar um lugar no pódio, vou continuar”, avisa, sem deixar de citar seu recorde de vitórias. “Não dá para estimar por quanto tempo esse recorde vai perdurar, mas vejo pelo tempo que ele já dura”, diz.

Na condição de chefe de equipe, Renato Martins mostra otimismo na busca por mais um título. Em 2012, além dele próprio, a RM Motors terá na pista a piloto Débora Rodrigues, que é sua esposa, o tricampeão Giaffone e André Marques, tido como uma das principais revelações da Truck nas últimas temporadas. “Trabalhamos sempre por bons resultados, a equipe nunca para, e estamos nos dedicando como nunca”, garante, satisfeito.

O GP Petrobras, que dá início à temporada 2012 dos campeonatos Sul-Americano e Brasileiro de Fórmula Truck, terá largada às 13h05 deste domingo, com transmissão ao vivo pela Band, em HD. A narração é de Téo José, com comentário de Eduardo Homem de Mello e reportagem de Luiz Silvério. Os resultados de todos os treinos e corridas são disponibilizados em tempo real no site aqui.

———————————————————-
Texto: Grelak Comunicação
Imagens: Orlei Silva e Arquivo

André Marques é destaque em sua estreia na equipe oficial da MAN Latin America na Truck

André Marques no Velopark

Em sua estreia na equipe oficial da MAN Latin America, a atual campeã da Fórmula Truck, o piloto André Marques foi um dos destaques do primeiro dia de treinos do GP de abertura da temporada 2012. Andando pela primeira vez em uma competição oficial com o caminhão Volkswagen Constellation, o paulista andou sempre entre os primeiros colocados nos treinos, terminando com a oitava colocação geral, com o tempo de 1m11s233.

“Fiquei bastante satisfeito com a nossa evolução hoje. Ainda tem espaço para melhorar, porque no teste que fizemos aqui no começo do ano, chegamos a virar 1m09s. Meu objetivo é ficar sempre dentro do top-10 e buscar o pódio em todas as corridas”, diz Marques.

Sétimo colocado no treino de hoje, o piloto Renato Martins elogiou o desempenho do novo integrante em sua equipe, a RM Motors. “André (Marques) já mostrou rápida adaptação e é importante que nossa equipe tenha todos os caminhões andando entre os primeiros”, diz.

Outros dois caminhões Volkswagen Constellation estiveram no grupo dos primeiros colocados. Adalberto Jardim foi o décimo, seguido por Felipe Giaffone. “Ainda é o primeiro dia de treinos da primeira corrida. Então temos bastante espaço para melhora”, diz Giaffone, que no ano passado venceu a etapa de abertura da Truck e conquistou o terceiro título brasileiro e um sul-americano.

Amanhã, os caminhões da Fórmula Truck entram na pista para a disputa de mais treinos e da sessão classificatória que define o grid de largada da corrida de domingo, que será às 13h, com transmissão ao vivo pela TV Band.

2º Treino Livre – Fórmula Truck:



1º) 15 – Roberval Andrade (S, SP), 1:09.587, média de 117,84 Km/h

2º) 6 – Wellington Cirino (M, PR), 1:09.906

3º) 88 – Beto Monteiro (I, PE), 1:10.034

4º) 3 – Christian Fittipaldi (M, SP), 1:10.269

5º) 73 – Leandro Totti (M, PR), 1:10.301

6º) 83 – Regis Boessio (M, SP), 1:10.983

7º) 9 – Renato Martins (W, SP), 1:11.151

8º) 77 – André Marques (W, SP), 1:11.233

9º) 43 – Pedro Gomes (F, SP), 1:11.305

10º) 8 – Adalberto Jardim (W, SP), 1:11.305

11º) 4 – Felipe Giaffone (W, SP), 1:11.357

12º) 50 – Fred Marinelli (I, PR), 1:11.502

13º) 2 – Valmir Benavides (I, SP), 1:11.658

14º) 14 – João Maistro (V, PR), 1:11.728

15º) 11 – Diumar Bueno (V, PR), 1:11.961

16º) 51 – Leandro Reis (S, GO), 1:12.014

17º) 32 – Luiz Pucci (V, RA), 1:12.175

18º) 20 – Pedro Muffato (S, PR), 1:12.483

19º) 99 – Luiz Lopes (M, SP), 1:14.193

20º) 55 – Paulo Salustiano (V, SP), 1:41.540

21º) 70 – Danilo Dirani (F, SP), 1:48.954

22º) 7 – Debora Rodrigues (W, SP), 8:58.030

23º) 12 – Zé Maria Reis (S, GO), 46:25.081

———————————————————
Imagem: Orlei Silva

RM Motors / MAN Latin America confiantes para 2012

Renato Martins nos treinos livres Velopark-RS

As expectativas dos pilotos da equipe MAN Latin America de Fórmula Truck é o tema do mais recente vídeo release produzido especialmente para a montadora pela produtora M.3 Filmes. A equipe, tetracampeã do campeonato brasileiro de Marcas e atual campeã sul-americana, está confiante para a próxima temporada, que começa no dia 04 de março, no autódromo do Velopark, no Rio Grande do Sul.

O vídeo, gravado na sede da RM Motors, traz imagens da preparação dos caminhões VW Constellation e declarações dos quatro pilotos da equipe, inclusive de André Marques, o mais novo integrante do time. Renato Martins, Débora Rodrigues e Felipe Giaffone completam o material com depoimentos sobre o campeonato de 2012. “Brigar por vitórias e títulos já virou tradição. Estar em uma equipe vencedora é o que eu sempre sonhei como piloto”, declara Giaffone, tri-campeão brasileiro e atual campeão sul-americano entre pilotos.

Veja o vídeo:

A MAN Latin America participa da Fórmula Truck, categoria mais popular do automobilismo brasileiro, desde 2001. Os caminhões VW Constellation que disputam o campeonato foram desenvolvidos a partir de um modelo convencional com uma série de adaptações. A Fórmula Truck é hoje um laboratório para a marca, já que as soluções e tecnologias das pistas podem ser repassadas aos caminhões que percorrem as estradas do Brasil e mais de trinta países.

———————————————————-
Produzido por Comunicação MAN Latin America
Imagem: Orlei Silva

Equipe oficial da MAN Latin America segue competindo com os caminhões Volkswagen e terá em 2012 um novo piloto: André Marques

Caminhão Volkswagen no Velopark

A equipe oficial da MAN Latin America na Fórmula Truck inicia neste final de semana a busca por mais títulos na categoria na qual se sagrou campeã brasileira e sul-americana em 2011, tanto de marcas quanto de pilotos (com Felipe Giaffone).

O time segue competindo na Truck com os caminhões Volkswagen Constellation, modelo que já ganhou títulos em 2006 (em seu ano de estreia, com Renato Martins), 2007, 2009 e 2011 – neste três anos, com Giaffone. Adalberto Jardim, da AJ5, também correrá com Volkswagen Constellation e pontuará para a marca no campeonato de montadoras.

A novidade para 2012 será a presença de um novo piloto na equipe RM Competicões: André Marques irá disputar seu terceiro ano completo na Truck agora no time comandado por Renato Martins. O paulista de 29 anos já testou com seu novo caminhão em janeiro e está confiante em um bom desempenho
em 2012.

“Fiquei bastante feliz com o convite de fazer parte do time oficial da MAN Latin America na Fórmula Truck. Fiz apenas dois dias de testes, mas já me sinto em casa pra buscar um bom resultado logo na corrida deste final de semana no Velopark,”, diz Marques.

Depois de conquistar três títulos em quatro temporadas completas na Truck, o objetivo de Giaffone para 2012 não poderia ser outro: lutar pelo campeonato brasileiro (composto pelas dez etapas) e o sul-americano (composto pelas etapas do Velopark, Interlagos e Córdoba, na Argentina).

“Temos todo potencial para brigar pela vitória em todas as corridas, mas é importante ressaltar que o regulamento será diferente neste ano e com isso a disputa será ainda mais equilibrada”, diz Giaffone.

Renato Martins explica que a Volkswagen, por ter sido a campeã de 2011, terá sua configuração alterada em regulamento. “Isso faz faz parte do jogo, porque obviamente o objetivo é manter o equilíbrio em um campeonato que conta com seis montadoras diferentes. Esperamos que, mesmo com a restrição na bomba injetora, nossa equipe continue tão forte como foi em 2011”, diz Renato, citando as cinco vitórias do time nas dez etapas da temporada passada.

A prova no Velopark também deve ser marcada pela resistência dos equipamentos. “A prova neste circuito gaúcho já costuma ser bem exigente. Como é a primeira da temporada, acredito que será ainda mais complicado, porque todos estão vindo com projetos que acabaram de ser desenvolvidos. Mais do que nunca será importante contar com a resistência do caminhão, item que sempre conseguimos ter destaque”, diz Débora, única mulher a disputar a Truck em 2012.

Os treinos serão disputados a partir desta sexta-feira. A prova será no domingo, com transmissão ao vivo pela TV Band, às 13h.

——————————————————
Imagem: Fernando P. Nunes