Rafael Lopes é 2º na corrida 1 e Paulo Salustiano é o 4º na corrida 2, em Cascavel

R9 CompetiçõesEm duas corridas de tirar o fôlego, com os caminhões brigando pelos primeiros lugares, colados uns nos outros, com portas e peças caindo pela pista, e excessos de fumaça. Assim aconteceu a 5ª etapa da Copa Truck, no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel/PR, neste domingo. Paulo Salustiano #55 (R9 Competições/SFI CHIPS) batalhou muito e finalizou em 4º lugar na corrida 2.

R9 Competições

Apesar de ter largado em 12º na corrida 2, Salustiano fez boas ultrapassagens até travar uma disputa acirrada com Felipe Giaffone #18 pelo 3º lugar. “Tentei o tempo todo ultrapassar Felipe e demos até umas três batidinhas. Mas na reta, que seria mais fácil passá-lo, o caminhão não desempenhou o suficiente”, conta Salustiano, que pilota um VW Constellation com motor e chassis MAN.

Na primeira corrida, o piloto largou na 7ª posição e chegou a ficar em 2º, mas devido ao excesso de fumaça foi obrigado a sair da pista, assim como os demais pilotos, cujos caminhões estavam nas mesmas condições. Mas logo, Salustiano retornou para a corrida, porém não foi possível recuperar as posições conquistadas e terminou em 12ª no grid. “Fiquei chateado de terem me chamado para sair logo no momento que estava em uma posição muito boa. Foi o tempo de fazer a recalibração e retornar à pista, mas já havia perdido a boa colocação”, diz o piloto oficial da Volkswagen, patrocinado nesta temporada pela SFI CHIPS, líder no segmento de preparação eletrônica de veículos a diesel.

“Agora temos mais uma etapa antes da final e vou novamente com tudo para ficar entre os três primeiros lugares e estar na pista em dezembro. Enquanto houver chances, vamos lutar”, conclui Salustiano.

Segundo Marcio Medina, diretor da SFI CHIPS, ninguém dúvida de que Salustiano conseguirá estar na Grande Final. “Quem assistiu as corridas de hoje viu a garra deste piloto. Ele brigou bonito. Não foram corridas fáceis. Na 2ª, por exemplo, dos 23 brutos, nem metade completou. Vamos, com Salustiano, confiantes para a 6ª etapa”, destaca Medina.

Nesta temporada, devido à pandemia, nos treinos e corridas da Copa Truck não é permitido a presença do público, acostumado a lotar as arquibancadas dos autódromos, mas as etapas estão sendo transmitidas, ao vivo, pelo Sportv2.

R9 Competições

Já Rafael Lopes teve seu melhor resultado na corrida 1 quando conquistou o pódio finalizando em segundo. Jô Augusto Dias teve sua melhor colocação na 1ª corrida finalizando em oitavo e Danilo Alamini terminou a 1 em 13º e a 2 em 14º.

“Foi minha melhor posição de largada e meu melhor resultado. Estou evoluíndo a cada prova e agradeço à R9 pela dedicação”, contou Lopes

O forte calor que fez na hora da corrida, em torno dos 39 graus, provocou uma rara ausência dupla de Beto Monteiro entre os três, cinco, dez e quinze melhores pilotos no resultado final das corridas em um bom tempo. Problemas mecânicos em seu Volkswagen fizeram o atual campeão e dono de duas copas neste ano ser P16 na prova 1 e abandonar a seguinte.

R9 Competições

Confira abaixo os resultados completos deste domingo:

Corrida 1
1. Valdeno Brito (AM/Mercedes), 17 voltas em 26min05s513
2. Rafael Lopes (R9/Volkswagen), a 0s345
3. Roberval Andrade (RVR/Mercedes), a 6s220
4. Wellington Cirino (AM/Mercedes), a 7s360
5. Felipe Giaffone (Usual/Iveco), a 14s097
6. Danilo Dirani (PP/Mercedes), a 14s419
7. André Marques (AM/Mercedes), a 14s688
8. Jô Augusto Dias (R9/Volkswagen), a 15s610
9. Débora Rodrigues (AM/Mercedes), a 20s064
10. Evandro Camargo (ADF/Mercedes), a 20s695
11. Luiz Lopes (Lucar/Iveco), a 33s919
12. Paulo Salustiano (R9/Volkswagen), a 33s974
13. Danilo Alamini (R9/MAN), a 35s893
14. Ale Navarro (PP/Mercedes), a 37s145
15. Regis Boessio (Boessio/Volvo), a 52s095
16. Beto Monteiro (R9/Volkswagen), a 56s090
17. Djalma Pivetta (Usual/Iveco), a 57s333
18. Raphael Teixeira (FF/Protótipo), a 1min19s244
19. Leandro Totti (JLT/Mercedes), a 1 volta
20. Pedro Muffato (Muffatão/Scania), a 2 voltas

Não completaram 75%
Adalberto Jardim (AJ5/Protótipo), a 11 voltas
Fábio Fogaça (FF/Protótipo), a 17 voltas
Daniel Kelemen (PP/Mercedes), a 17 voltas

Melhor volta: Rafael Lopes, 1min21s061

Corrida 2
1. Valdeno Brito (AM/Mercedes), 19 voltas em 26min24s750
2. Leandro Totti (JLT/Mercedes), a 7s527
3. Felipe Giaffone (Usual/Iveco), a 11s785
4. Paulo Salustiano (R9/Volkswagen), a 12s168
5. Wellington Cirino (AM/Mercedes), a 13s397
6. Débora Rodrigues (AM/Mercedes), a 42s622
7. Luiz Lopes (Lucar/Iveco), a 48s275
8. André Marques (AM/Mercedes), a 49s087
9. Regis Boessio (Boessio/Volvo), a 1min03s579
10. Danilo Dirani (PP/Mercedes), a 1 volta
11. Djalma Pivetta (Usual/Iveco), a 1 volta
12. Raphael Teixeira (FF/Protótipo), a 1 volta
13. Jô Augusto Dias (R9/Volkswagen), a 2 voltas
14. Danilo Alamini (R9/MAN), a 4 voltas
15. Roberval Andrade (RVR/Mercedes), a 5 voltas

Não completaram 75%
Evandro Camargo (ADF/Mercedes), a 6 voltas
Beto Monteiro (R9/Volkswagen), a 10 voltas
Rafael Lopes (R9/Volkswagen), a 17 voltas
Ale Navarro (PP/Mercedes), a 19 voltas
Pedro Muffato (Muffatão/Scania), a 19 voltas
Adalberto Jardim (AJ5/Protótipo), a 19 voltas
Fábio Fogaça (FF/Protótipo), a 19 voltas
Daniel Kelemen (PP/Mercedes), a 19 voltas

Melhor volta: Danilo Dirani, 1min21s482

Classificação da Terceira Copa após duas corridas:

1. Valdeno Brito, 40
2. Felipe Giaffone, 29
3. Wellington Cirino, 27
4. André Marques, 21
5. Débora Rodrigues, 21
6. Rafael Lopes, 20
7. Danilo Dirani, 20
8. Paulo Salustiano, 20
9. Roberval Andrade, 19
10. Luiz Lopes, 18
11. Leandro Totti, 16
12. Jô Augusto Dias, 15
13. Régis Boessio, 12
14. Evandro Camargo, 10
15. Danilo Alamini, 9
16. Ale Navarro, 6
17. Djalma Pivetta, 5
18. Raphael Teixeira, 4
19. Pedro Muffato, 0
20. Fábio Fogaça, 0
21. Daniel Kelemen, 0
22. Adalberto Jardim, 0
23. Beto Monteiro, 0
24. Ricardo Alvarez, 0.


Com informações de:
Mércia Suzuki – mercia.suzuki11@gmail.com / 11 99705-7720
Bruno Vicaria – imprensa@copatruck.com.br / 11 97147-0835